O que comer antes de malhar

Quem nunca teve dúvidas se deveria comer ou não antes de ir para a academia? Procurando a forma certa de me alimentar antes de uma aula aeróbica, achei uma matéria muito interessante no site do Terra. Bem extensa, mas muito útil. E resolvi fazer um resumo aqui pra vocês. Pra quem quiser, a matéria original está no link.

(Imagem: Pinterest)

(Imagem: Pinterest)

 

A matéria é de Danielle Barg e as dicas são da nutricionista Paula Castilho, da clínica Sabor Integral Consultoria em Nutrição, de São Paulo.

 

Comer ou não?

Nada de ir pra academia de estômago vazio, hein! “Antes de malhar, o músculo precisa ter energia suficiente disponível para poder trabalhar com eficiência.” – explica a nutricionista. Se você não tiver essa energia, ao fazer esforço o corpo vai tirar essa energia dos músculos, e fazer com que sua atividade física tenha resultado contrário ao que você espera.

Posso fazer um banquete então, né?

Nada disso!  “Durante o processo digestivo, uma grande quantidade de sangue vai para o estômago. E ao treinar, braços e pernas também precisam ser irrigados. Esse desequilíbrio pode causar desconfortos, como tontura e queda no rendimento”.

 

Agora você vai ver exatamente o que comer, de acordo com o seu objetivo.

Alimentos que aceleram o metabolismo e a queima de gordura: são alimentos termogênicos, que levam a um gasto maior de energia, contribuindo para o emagrecimento. Alguns exemplos:

Os queridinhos.

Os queridinhos.

 

Alimentos que ajudam a hidratar: ricos em vitamina c entre outros, também ricos em antioxidantes, que combatem os radicais livres e são fundamentais na produção de colágeno. Além da água, que ainda é a melhor forma de se manter hidratado, alguns exemplos:

Pra hidratar.

Você sabia que UMA acerola tem 3x mais vitamina C do que uma laranja? E a goiaba, mais ainda do que a acerola!

 

Alimentos que auxiliam o ganho de massa muscular: alimentos fonte de proteína vegetal ou animal, creatina (responsável pelo aumento de força e resistência muscular), vitamina B12 (ajuda na diminuição dos níveis de gordura e na contração muscular) e ômega 3 (gordura benéfica que estimula a produção de hormônios, favorecendo o crescimento muscular), como:

“Vale lembrar que 70% por cento da massa muscular resulta da alimentação e do descanso, enquanto os outros 30% vêm dos exercícios de força”

“Vale lembrar que 70% por cento da massa muscular resulta da alimentação e do descanso, enquanto os outros 30% vêm dos exercícios de força”

 

Alimentos que previnem câimbras, dores ou outras lesões ligadas aos exercícios: ricos em potássio. Tais como:

Sem dor.

Sem dor.

 

Alimentos que dão mais energia: os ricos em carboidratos (quando ingeridos são metabolizados até se transformarem em glicose, que é utilizada pelo organismo para a produção de energia). Exemplos:

"A dica é trocar o pão branco pelo integral. A pera, banana e couve também ajudam a dar energia."

“A dica é trocar o pão branco pelo integral. A pera, banana e couve também ajudam a dar energia.”

 

Esse post não segue muito a linha do blog, mas pode ajudar. Então se quiserem mais dicas assim deixem nos comentários.

Um super beijo!

Talita